Início » Fraturas » Fratura do boxer ( pugilista )

Fratura do boxer ( pugilista )

Uma fratura que costumamos ver com grande frequência nos pronto-socorros atinge a mão , mais precisamente o quinto metacarpo . A figura abaixo mostra exatamente onde ocorre esta fratura .

Ela classicamente é conhecida por fratura do boxer ( ou pugilista ) , muito embora seja pouco frequente nestes esportistas . Na verdade , ela é normalmente causada por um soco contra uma superfície dura , como uma parede (ou a face ) , num momento de nervosismo ou de briga . Os atletas do boxe , protegidos que estão , raramente sofrem esta fratura .  Quando indagamos o que ocorreu , muitas vezes os pacientes nos contam histórias engraçadas , tentando esconder  a verdadeira causa da fratura !

O seu diagnóstico é fácil : o local afetado fica inchado , dolorido e com uma pequena deformidade . A radiografia confirma a suspeita clínica .

O tratamento destas fraturas , em sua grande maioria , é simples . Uma imobilização com gesso ou com uma órtese plástica permitirá que o osso consolide numa posição adequada . Em alguns poucos casos , dependendo se houver um grande desvio ,o tratamento cirúrgico pode ser necessário.

About these ads

21 comentários sobre “Fratura do boxer ( pugilista )

  1. Fraturei o dedo e o raio X no post que vocês fizeram até parece o meu, risos.
    Enfim, eu fui ao médico, ele puxou meu dedo até que o osso voltasse para o lugar e imobilizou com gesso a minha mão. Após uma semana tirei o gesso imobilizador e o osso voltou a deslocar/descolar, a dor é suportável, mas parece que o osso está torto. Estou usando uma imobilização caseira de faixas e tomando os remédios receitados. A pergunta é: Se eu tirei o gesso antes do período eu poderei perder o movimento do dedo e ficará deformado pela minha impaciência? A imobilização caseira ajudará em algo (pelo menos não sinto dor) ? Há como fazer uma cirurgia para que o osso volte ao lugar e o tempo de recuperação?

    • se ele está torto , recomento que volte ao médico , pois ele poderá colar erradamente e seus movimentos podem ficar prejudicados . as vezes é necessária uma cirurgia.

      • Ah, obrigado!
        Procurarei um ortop. para ver esse estrago que fiz na minha mão. Aparentemente ele não está mais torto, mas voltarei a usar a tortura do gesso. Mais uma vez, obrigado pela informação.

  2. Opa! td bom? eu quebrei o 5° metacarpo, no 14º dia da fratura o medico tirou um raio X (no qual nao percebi nenhuma diferença) e disse q no 24º dia da fratura eu ja poderia retirar a tala e iniciar exercicios em casa, hoje estou no 23° dia e nao pude me aguentar para retirar a tala, eu percebi que tem uma bolinha dura no local da fratura, porem tenho duvidas a respeito da resistencia da mesma devido curto periodo de formação! sera seguro retirar a tala ? (tenho 17 anos e faço dieta para musculação rica em proteinas e calcio)
    fico mto agradecido se puder responder

      • Ola eu tive a fratura do boxe no 5º metacarpo, e já estou no 17º dia de tala, mas eu não o quebrei na altura do meio da mão, e sim mais perto da junta.
        Queria saber se nesse caso eu precisarei urgentemente de cirurgia? e se não for preciso a cirurgia o tempo minimo de recuperação, porque eu luto kickboxing e quero voltar aos treinos o quanto antes. Obrigado..!

      • depois de 17 dias de fratura , acho que seu médico não vai mais te indicar cirurgia. mas lhe aconselho a voltar com ele, que pedirá novas rx para acompanhar a consolidação óssea e definir quanto tempo mais deve ficar imobilizado. em relação aos treinos, acho que vc ficará fora deles por um bom tempo ainda … dois ou tres meses . boa sorte !

  3. Tive uma pequena fratura no quinto metacarpo há 5 dias. Fui ao ortopedista e após ele analisar as rx, mandou eu engessar do antebraço até a ponta dos dedos. Pergunto se não dá pra substituir esse gesso por uma órtese plástica, pois o gesso me atrapalha muito e ainda faltam 16 dias pra retirá-lo.
    Desde já agradeço.
    Igor

    • é possível sim , mas nem sempre é fácil de achar este tipo de órtese para comprar . às vezes é necessária a sua confecção . uma outra alternativa é um gesso que pega somente os dois dedos mais laterais ( 4 e 5 ) , livrando os outros para trabalharem com o polegar …

      • Muito obrigado pela resposta. Vou procurar o ortop. e sugerir essa altervativa pra ver o que ele acha.
        Até Mais

  4. Muito boa tarde ,os meus parabens pelo site.
    DR no meu caso parti o 5 metacarpo tive 30 dias de gesso a (chamada tala ).
    Tirei ontem o gesso e reparei que tenho a mao inxada e nao consigo fexar a mao, tambem tem ausencia de força,na ortopedia do HFF disseram que estava td direito mas a medica ortopedista nao me pareceu muito profissional…disse que estava em fase d consolidação!!!
    A minha pergunta é esta é normal tirar o gesso e ter a mao inxada sem se ver o osso e nao a conseguir fexar e doer ?
    Quais sao as minhas limitaçoes?
    Quando falo em nao me pareceu profissional foi pelo facto d nao me conseguir responder ao que lhe pergunto aqui!
    Pelo pouco que percebo a ortopedista disse-me usando uma palavra simplex que o osso ainda esta a recuperar ou seja ainda esta a solidificar…
    Mas nao m disse tb o que é suposto agora fazer!
    Eu sou o pedro tenho 29 anos e agradeço a resposta se me poder orientar.
    O meu obrigado

    • Olá ,
      é normal o inchaço após um período de gesso e imobilização . Pelo tempo parado, é também normal haver esta limitação da movimentação . Normalmente se indica uma fisioterapia ou terapia ocupacional no sentido de recuperar a mobilidade e a força da mão . Agora, não posso falar mais do que isso sem ter te visto ou ter examionado as suas radiografias, para avaliar se o osso está consolidando adequadamente . Boa evolução !

  5. Boa noite! Fraturei o 5º metacarpo da mão direita, e o ortopedista colocou um gesso que cobre o antebraço até o final do dedo mindinho, porém após 6 dias não resisti ao desconforto e retirei o gesso, no dia posterior voltei ao ortopedista e ele colocou o gesso novamente, porém desta vez não colocou no dedo, colocou só até o final da primeira articulação. Estou com medo de dar algo errado, pois quando, sem querer, mecho com o dedo, doi e depois incha. É normal? posso ficar tranquilo? obrigado!!!

    • A fisioterapia normalmente é indicada , o fisioterapeuta irá manipular os dedos , reestabelecendo a amplitude articular , desfazendo possíveis aderências e também aplicando meios físicos analgésicos.

  6. Olá, fraturei o 5° metacarpo e usei tala por 25 dias, na hora de colocar a tala não realizei cirurgia e não me recordo do médico tentando colocar no lugar o osso.. já faz 3 meses e no ultimo raio x ainda deu que tem fratura com sinais de consolidação, ficou um calo ósseo no local da fratura, uma pequena elevação e não tenho a mesma movimentação de antes, a pegunta é: essa elevação vai abaixar? vou poder voltar a lutar normalmente? (luto muay thai) Obrigado

    • é normal o calo ósseo corresponder a um ” calombinho ” . dependendo do caso , pode ou não regredir . em relação ao melhor momento de retorno as atividades fisicas , somente seu médico para orientar . boa sorte “!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s