Início » Medicina Esportiva » Infiltração e tendinite

Infiltração e tendinite

A infiltração é um procedimento em que o médico injeta algum medicamento em determinada região do corpo ; portanto , trata-se de uma injeção . É muito utilizada na ortopedia , principalmente quando tratamos de problemas em tendões . A mais comum é com corticóide e anestésico. Nos últimos anos , um novo tipo de infiltração,  com PRP ( plasma rico em plaqueta ) , tem sido utilizado para estimular a cicatrização de tendões degenerados e inflamados.

Existem defensores e críticos desta prática e muitos estudos se propuseram a elucidar os efeitos benéficos e maléficos desta prática . Recentemente , um artigo publicado no The Lancet , renomado periódico médico , realizou uma revisão em vários estudos acerca deste assunto (meta-análise) e chegou a algumas considerações abaixo descritas :

– em epicondilites ( tendinite do cotovelo ) a infiltração com corticóide ajudou na fase aguda , mas no longo prazo não se mostrou superior a outros tratamentos ;

– a infiltração de PRP na tendinite de Aquiles não se provou efetiva ;

– a infiltração de corticóide nas tendinite do ombro não é maléfica , embora seu efeito ainda não esteja claro .

Eu tenho uma opinião bastante firme em relação a infiltração com corticóide . Acredito que é uma arma bastante interessante na melhora da dor , principamente na fase aguda da tendinite . Ajuda a diminuir a dor , melhora a movimentação e permite inclusive um tratamento fisioterápico complementar , que pode tratar as causas básicas do problema. Tenho bastante experiência em infiltrações no ombro para tendinite , bursite e  capsulite , com resultados animadores.  Acredito que deve ser usada com critérios e moderação , após um diagnóstico detalhado e após discussão com o paciente.

Em relação ao uso do PRP , ainda preciso aguardar mais dados  para emitir uma opinião consistente , até porque se trata de um tratamento bastante caro para nós .

Neste link coloco mais algumas ponderações a respeito do assunto .

Aqui você pode ler um artigo publicado na Revista Brasileira de Ortopedia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s