Dia: abril 30, 2012

Redução de uma luxação de dedo da mão

Hoje mesmo tive que realizar um procedimento muito frequente no pronto-socorro de ortopedia : uma redução articular. Quando uma articulação perde sua congruência articular , damos o nome de luxação . Popularmente , fala-se que ” um osso saiu  fora do lugar ” . Diante desta situação , o médico ortopedista tentará , no tempo mais breve possível , reestabelecer a anatomia daquela articulção , ou seja , reduzir  a luxação ou deslocamento .

Existem técnicas específicas para redução dependendo do local anatômico afetado. No dia de hoje , reduzi uma luxação de dedo de uma senhora de 80 anos , que caíra cerca de 5 horas antes .

A rediografia inicial pode ser vista abaixo  :

Neste caso , a redução foi fácil , executando-se uma manobra de tração e encaixando a falange na sua posição correta . Após a redução , colocamos uma tala metálica para cicatrização das partes moles afetadas pelo trauma , conforme raio-x abaixo :

Fratura do boxer ( pugilista )

Uma fratura que costumamos ver com grande frequência nos pronto-socorros atinge a mão , mais precisamente o quinto metacarpo . A figura abaixo mostra exatamente onde ocorre esta fratura .

Ela classicamente é conhecida por fratura do boxer ( ou pugilista ) , muito embora seja pouco frequente nestes esportistas . Na verdade , ela é normalmente causada por um soco contra uma superfície dura , como uma parede (ou a face ) , num momento de nervosismo ou de briga . Os atletas do boxe , protegidos que estão , raramente sofrem esta fratura .  Quando indagamos o que ocorreu , muitas vezes os pacientes nos contam histórias engraçadas , tentando esconder  a verdadeira causa da fratura !

O seu diagnóstico é fácil : o local afetado fica inchado , dolorido e com uma pequena deformidade . A radiografia confirma a suspeita clínica .

O tratamento destas fraturas , em sua grande maioria , é simples . Uma imobilização com gesso ou com uma órtese plástica permitirá que o osso consolide numa posição adequada . Em alguns poucos casos , dependendo se houver um grande desvio ,o tratamento cirúrgico pode ser necessário.