Início » Medicina Esportiva » Âncoras na Ortopedia

Âncoras na Ortopedia

A ortopedia e a traumatologia evoluíram muito nos últimos 20 anos  , em parte devido ao surgimento e desenvolvimento de diferentes tipos de implantes . As próteses de ombro , de joelho e quadril  se modernizaram tanto no design quanto na sua composição , permitindo um resultado melhor e uma durabilidade maior . Os diversos tipos de placas e hastes usadas nas fraturas também tiveram uma evolução formidável. Mas , na minha opinião , um dispositivo relativamente recente merece um destaque especial e é  sobre ele que eu vou falar hoje : âncoras .

As âncoras permitem a fixação de tecidos moles ( ligamentos , tendões , cápsulas ) ao osso , permitindo a reparação de diversos tipos de lesões , sejam elas traumáticas ou degenerativas  . Basicamente , numa âncora , temos duas partes : a parte que ficará ancorada e fixa dentro do osso e que se parece normalmente com um parafuso e a outra parte que é um fio que servirá para prender o tecido solto ou um enxerto ao osso.  São muito utilizadas em cirurgias do ombro , mas também podem ser utilizadas em outros locais  como o cotovelo , o tornozelo , o  quadril , a mão e  o joelho . Para melhor entendimento de como utilizamos uma âncora , mostro o vídeo abaixo , que mostra como um tendão roto no ombro foi fixado ao osso por uma âncora:

Os fios presentes nas âncoras utilizados atualmente são extremamente resistentes e tem nomes comerciais variados : Fiberwire , Orthocord , Maxbraid , etc .  De tão resistentes , temos até dificuldade para cortá-los com as tesouras cirúrgicas e usamos nas artroscopias cortadores especiais bem afiados.

 Já as âncoras propriamente ditas podem ser metálicas ou não-metálicas . As primeiras desenvolvidas foram as metálicas e biomecanicamente falando são muito eficazes , garantindo uma fixação extremamente forte no osso. As desvantagens das âncoras metálicas são :

– quando usados próximas à articulação , como numa cirurgia de luxação do ombro , podem migrar ou ter parte dela exposta para dentro da articulação , causando grave dano à cartilagem articular ;

– em exames subsequentes porventura necessários , como uma ressonância magnética ,podem distorcer a imagem , dificultando um diagnóstico mais preciso ;

– em reoperações podem dificultar o novo procedimento .

As âncoras nao-metálicas são feitas em sua maioria de um derivado do ácido polilático , chamado  ácido poli-L-láctico (PLLA) .Parece um ” plástico ” . Estas são absorvíveis no médio prazo . Recentemente um novo polímero chamado PEEK  tem entrado na composição das âncoras , sendo um ” plástico inabsorvível “.

Uma última opção , ainda não disponível para o ortopedista aqui no  Brasil , é uma ” âncora ” composta somente de um fio de poliester extremamente resistente, como mostram a figura e o vídeo abaixo .

 

Anúncios

6 pensamentos sobre “Âncoras na Ortopedia

  1. Bom dia, Dr. Encontrei esse post ao fazer uma pesquisa por Internet e me interessei. Estou com o diagnóstico de Impacto fêmoro-acetabular e já me foi indicada cirurgia por 3 médicos. A minha dúvida está em escolher entre a âncora de metal ou a absorvível. O senhor saberia me dizer qual delas tem mostrado melhores resultados? Cada médico me diz uma coisa, então estou procurando outras opiniões. Grata! Mariana

    • Muitas vezes, nesta artroscopia do quadril. faz-se apenas uma raspagem do osso. nem sempre âncoras são usadas. mas quando a situação exige, acho perigoso usar uma âncora metálica, por se tratar de uma região articular. neste caso,a âncora absorvivel é mais segura e mais indicada. Boa sorte.

  2. Olá realizei uma cirurgia de bankart com âncoras de metais pois meu convênio não liberou as de peek, e agora estou preocupado Será que vou ter problemas futuros? são a maioria dos casos que dão problema ou é poucos? obrigado.

    • olha josé , a ancora metálica , se tiver sido bem posicionada , dentro do osso (sem nenhuma parte dela exteriorizada) , funciona muito bem e não costuma dar qualquer problema. são poucos casos que costumam complicar , torço para que não seja o seu caso , amigo. boa sorte !

      • Muito obrigado pela resposta Dr.Neri. Acredito muito no ortopedista que me operou a vai dar tudo certo. ☺🙏👍

  3. DR. Boa noite, eu gostaria de saber qual e o tipo de metal utilizado para fazer as acoras de metal utiluzadas em cirurgia do ombro.
    Obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s