Neuroma de morton – dor no pé

O neuroma de Morton é um crescimento benigno da bainha do nervo digital do pé , ocorrendo principalmente entre o terceiro e o quarto dedos  . Esta condição é considerada um tumor benigno , portanto  não é  um câncer . O neuroma de Morton pode se tornar um incômodo bastante doloroso. Ocasionalmente, as pessoas também podem experimentar sintomas de dores ou formigamento estendendo-se para os dedos ao lado do neuroma. A dor geralmente é mais significativo após uma  atividade física extenuante ou  quando o se faz uso de sapatos apertados ou de bico mais fino.

O tratamento de neuroma de Morton  geralmente começa com medidas simples, em um esforço para diminuir a dor na área do nervo lesionado. A maioria dos pacientes relatam que ao tirar os sapatos e ao massagear o pé a dor diminui . Utilizar calçados adequados (mais largos na parte dos dedos ) e usar uma palmilha com apoio retrocapital também são eficazes. A injeção de cortisona no local do neuroma também pode ser útil para muitas pessoas.

Se as medidas acima não aliviarem o quadro, então a cirurgia poderá ser necessária. A cirurgia é feito para remover o nervo anormal , com bons resultados . Pacientes podem notar posteriormente uma pequena área de dormência no dedo do pé.

Anúncios

Tratamento da ruptura do tendão de Aquiles

O  tendão calcâneo , conhecido por tendão de Aquiles, localiza-se na parte de trás do tornozelo e pode sofrer uma ruptura traumática , normalmente caracterizada por dor , dificuldade para caminhar e é comum o paciente relatar que teve a sensação  de ter sofrido uma ” pedrada ” .

Existem 2 opções de tratamento desta lesão : a forma conservadora ou não-cirúrgica e a cirurgia . De maneira geral , os que advogam a cirurgia defendem esta forma por oferecer um tendão cicatrizado de melhor qualidade e com menor chance de re-ruptura.  A chance de uma má cicatrização da pele e a possibilidade de uma infecção local são as principais complicações do tratamento cirúrgico .

Um estudo recente comparando as duas opções de tratamento mostrou que o tratamento não cirúrgico mostrou uma boa cicatrização e o retorno ‘as atividades normais quando uma reabilitação mais rápida foi instituída . Esta reabilitação baseava-se em descarga de peso precoce e mobilização do articulação do tornozelo também precocemente . Comparando com o tratamento cirúrgico , este trabalho relatou resultados semelhantes com aqueles não operados , com a vantagens de menos complicações relacionadas a cirurgia .

O trabalho pode ser acessado através deste link .

Uma entrevista com o autor pode ser lida aqui.

Gota e artrite gotosa

Ontem , atendendo no pronto-socorro , um paciente queixou-se de dor súbita no pé ao acordar. Na noite anterior , tinha jogado seu futebol e comido um churrasquinho com os amigos . E tinha certeza que não tivera nenhum trauma . Chegou mancando , de chinelo , e mostrou-me seu ” dedão ” inchado , dolorido e vermelho.

Solicitei um exame de sangue para avaliar seu ácido úrico sanguíneo : 8,6 . A história acima é bastante sugestiva de uma inflamação aguda conhecida por gota . Trata-se de uma condição que ocorre quando os níveis de ácido úrico sanguíneo aumentam significativamente ( acima de 7,0 )  e existe uma deposição de cristais de urato , preferencialmente nas articulações e tecidos periarticulares  (  pé , tornozelo , joelho , cotovelo e mãos são as mais acometidas e quando atinge o hálux – dedão do pé – chamamos de podagra).

O ácido úrico é uma substância derivada do metabolismo de uma proteína chamada purina . Quando mais purina ingerimos, mais ácido úrico produziremos.  Alguns  alimentos ricos em purinas  :  carnes ( bacon , porco, miúdos -fígado , coração , rim , língua ) ;  peixes e frutos do mar ( salmão ,sardinha, bacalhau , camarão ) ;  aves ( peru e ganso ); bebidas alcoólicas ; leguminosas ( feijão , grão-de-bico , ervilha , lentilha) . Alguns alimentos com pouca purina : leite , chá , chocolate , cereais , arroz , batata , vegetais , doces e frutas .

Além da alimentação rica em purinas que contribui para o aparecimento da gota , outros fatores também conhecidos são : obesidade , longos períodos em jejum , uso de medicamentos como diuréticos .

O tratamento da gota pode ser dividido em duas fases :

1) tratamento da dor aguda : normalmente utilizamos anti-inflamatórios, recomendamos o uso de gelo e repouso ;

2) diminuição do ácido úrico : dieta adequada e uso de alguns medicamentos que reduzem o ácido úrico , como o alopurinol. Além disso , outras situações descritas acima que fazem o ácido aumentar devem ser abordadas convenientemente .

Acho interessante também me alongar em 2 outros aspectos :

1) existem pacientes com hiperuricemia assintomáticos . Devem receber orientação dietética e observação , não necessitando de medicação;

2) pacientes com quadros crônicos e mal-tratados podem desenvolver quadros chamados de tofos gotosos , em que ocorre grande deposição de cristais nas articulações , como demonstram as figuras abaixo :

Entorse do tornozelo e lesão ligamentar

Uma das lesões mais comuns com que o ortopedista se depara no pronto-socorro é o entorse de tornozelo . Um torção pode apresentar-se de diversas maneiras e pode causar diferentes danos nas estruturas desta região . Pode acometer apenas os ligamentos , pode afetar os ossos causando fraturas , pode causar uma lesão na cartilagem e em alguns casos mais sérios pode lesar estruturas vasculares e nervosas.

Neste post vou me ater  ‘as lesões ligamentares e vou exemplificar esta lesão com uma situação dramática que acometeu ” nosso hermano Messi ” ano passado . Sofreu uma entrada criminosa do beque e as imagens e o vídeo abaixo mostram a gravidade da lesão :


O que mais surpreendeu neste caso foi a rápida recuperação que o jogador teve . Depois de 2 semanas de afastamento , ele voltou a jogar os 90 minutos e até fez um gol na partida Barcelona x Mallorca .  Certamente que a sua estrutura física ajudou nesta reabilitação , mas acredito que a fisioterapia corretamente aplicada teve papel decisivo no sucesso deste tratamento . Muitas vezes os pacientes relatam ter feito 20 ou 30 sessões de fisioterapia sem melhora do quadro de dor . Mas , quando perguntamos com mais detalhes como foi executada a fisioterapia, descobrimos que ela não foi bem executada.

O tratamento deve ser individualizado , levando-se em conta diversos aspectos , como a atividade esportiva do paciente , a sua idade , o seu biotipo , o histórico de entorses pregressos , entre outros.

Normalmente , numa fase inicial ,  imobilizamos de alguma forma o tornozelo, orientamos o uso de gelo local e medicamos com analgésicos e anti-inflamatórios. A fisioterapia precoce e a resposta individual de cada paciente, supervisionado pelo médico e fisioterapeuta , determinarão o tempo deste tratamento e o momento certo de retorno ao esporte ou as atividades cotidianas.

A lesão ligamentar isolada , num primeiro momento , raramente requer um reparo cirúrgico . Reservamos esta opção para aqueles casos de instabilidades crônicas , com grande frouxidão residual e que não obtiveram boa resposta diante de um tratamento conservador.

Em alguns casos , podemos também usar tornozeleiras para prevenir a ocorrência ou repetição de um entorse.

Entorse do tornozelo diminui com uso de proteção ( órtese )

A prevenção é o melhor tratamento para qualquer lesão . Dentro deste contexto , o uso de uma tornozeleira se mostrou eficaz em diminuir significativamente a incidência do número de entorses do tornozelo em jogadores de basquete  . O que parecia óbvio foi comprovado por um estudo realizado nos EUA entre 1460 adolescentes , de ambos os sexos, de 13 a 18 anos , praticantes de basquetebol , durante os anos de 2009 e 2010 . Este estudo  mostrou uma incidência 3 vezes menor de entorse entre aqueles que usaram uma tornozeleira pré-fabricada ,como a mostrada abaixo.

macdavid lace-up brace ankle

O estudo mostrou que a tornozeleira foi eficaz tanto nos jogadores que já tinham tido algum entorse prévio como naqueles sem nenhuma história pregressa. O estudo não conseguiu aferir se o uso de tornozeleira fez aumentar alguma queixa de dor ou lesão em outras articulações ( pois o uso de algo que estabiliza o tornozelo pode causar uma sobrecarga no joelho , por exemplo.) .

É muito comum os jogadores de basquete usarem diversos dispositivos para evitar uma torção do tornozelo e me lembro da época em que acompanhei a seleção de basquete masculina que quase todos os jogadores usavam enfaixamentos e esparadrapagem para diminuir a incidência desta lesão  .

 

 

Campeão de golfe quebra a fíbula após pular no lago

O jogador francês  Thomas Levet ,  campeão do torneio de golfe Alstom Open de France  , fraturou a fíbula ao comemorar o seu título ,  pulando em um dos lagos do campo . Abaixo podemos ver  o vídeo do acidente e observar a dificuldade com que anda após sair do tragicômico banho .

Aproveito para tecer alguns comentários sofre as fraturas da fíbula :

– a fíbula é um dos dois ossos da perna , mais fina e mais lateralizada que a tíbia ( esta o maior osso ) , conforme ilustra a figura abaixo.

– a fratura diafisária ( parte mais central do osso ) isolada da fíbula é rara na ortopedia , acontece normalmente por um trauma direto . Sempre devemos investigar alguma lesão ligamentar associada na região do joelho ou do tornozelo .

O tratamento da fratura diafisária isolada normalmente é feito com medicamentos para a dor,  uso de uma bengala ou muletas e eventualmente podemos também engessar a perna do paciente;

– quando temos um fratura da fíbula associada a uma fratura diafisária da tíbia , o tratamento da tíbia é normalmente o prioritário ( não entrarei nesta discussão neste artigo ) ;

 – a fratura da fíbula em seu terço distal , chamado maléolo lateral , entra na classificação das fraturas do tornozelo e existem inúmeros subtipos de fratura e o tratamento pode ser cirúrgico ou não , dependendo principalmente do desvio e encurtamento dos fragmentos envolvidos;

– existe uma fratura especial da fíbula , chamada de Maisonneuve, que se refere a uma fratura espiral do terço superior da fíbula, com uma ruptura da membrana interóssea e uma fratura associada do maléolo medial ou uma ruptura do ligamento deltóide profundo do tornozelo . A fratura de Maisonneuve está ilustrada ao lado.

Leia mais sobre fraturas da fíbula em esportistas neste link e aqui também.

Fratura de tornozelo

Uma torção no tornozelo pode se apresentar de diversas maneiras . Pode levar a uma leve lesão dos ligamentos do tornozelo ou também pode acarretar fratura em um ou mais ossos desta articulação . Abaixo demonstro um caso de entorse de tornozelo de um paciente com 45 anos durante a prática de futebol . Houve uma fratura do osso da fíbula ( do lado de fora do tornozelo ) , associada a uma lesão ligamentar da parte interna ( ligamento deltóide ) . Realizamos uma cirurgia para fixação e alinhamento da fíbula . Não houve necessidade de reparo ligamentar . Após um mês de cirurgia o paciente começou a andar com o uso de uma bota especial ( robofoot) , após 2 meses estava andando normalmente e após 3 meses começou a correr .  Liberaremos o paciente dentro de um mês para retorno ao esporte .

Fratura do maléolo lateral , antes da cirurgia

Raio-x após 3 meses , com fratura estabilizada com placa e parafusos

Raio-x após 3 meses , com fratura estabilizada com placa e parafusos